Órgãos

Bem-Estar Animal



  • Banner: Oba
home >
Castração - Cuidados no Pós-Operatório

 

Os animais esterilizados pela Diretoria de Bem-Estar Animal, recebem uma receita assinada pelo médico veterinário com as prescrições dos medicamentos.

Os medicamentos (de uso humano) prescritos podem ser retirados no Posto de Saúde mediante, a apresentação da receita.

 

Disponibilizamos aqui alguns cuidados que devem ser dados aos animais que passarem pela cirurgia de castração.

Em caso dúvida consulte o médico veterinário.

 

 

Cuidados com o Pós-operatório do seu GATO

 

  • Ao receber seu animal após a cirurgia, ele ainda estará sob o efeito do anestésico. Poderá não reconhecer o dono, apresentará andar cambaleante, poderá evacuar e urinar sem controle e poderá apresentar vômito;
  • Alguns animais demoram mais para acordar que outros, são indivíduos com características próprias de comportamento, portanto terão recuperação diferenciada;
  • Nas primeiras 24 horas devem descansar em local tranqüilo e limpo, com pouca iluminação para permitir uma boa recuperação;
  • Coloque pano ou cobertores para aquecê-lo, pois ele sentirá frio;
  • A primeira alimentação somente deverá ser oferecida quando o animal demonstrar disposição. Não tente fazê-lo comer contra sua vontade, pois o organismo do animal ainda estará metabolizando os medicamentos, se comer poderá vomitar;
  • Podem miar de forma diferente do habitual;
  • Os animais castrados no Centro Cirúrgico da Coordenadoria do Bem-Estar Animal recebem no dia da cirurgia antibiótico, antiinflamatório e analgésico. Os cuidados do pós-operatório são de responsabilidade do proprietário ou responsável pelo animal;
  • Todos os animais devem utilizar colar Elisabetano desde o momento em que acordam da anestesia até a retirada dos pontos. Assim evita-se que o cão lamba o local e tire/arrebente os pontos. Este colar é comercializado em agropecuárias e pet-shops.
  • Parabéns por sua decisão! Optar pela esterilização do seu animal é uma demonstração de responsabilidade e respeito à vida dos animais.

 

CURATIVO LOCAL:

 

  • Lavar a incisão com solução fisiológica (guardar na geladeira após aberto);
  • Passar no local da incisão um produto anti-séptico, como merthiolate (clorexidine), rifocina, alantol (uso veterinário) ou cicatrilex (uso veterinário);

 

OBS.: não utilizar ungüento ou produtos a base de IODO.

 

  • Realizar o curativo 3 vezes ao dia;
  • Não é necessário cobrir os pontos com gaze ou esparadrapo.

 

RETIRADA DOS PONTOS: deve ser realizada após 10 dias da data da cirurgia.

 Quaisquer dúvidas entrar em contato pelos fones: 3234-5677 ou 3237-6890 (10 às 18 horas).

 

 

Cuidados com o Pós-operatório do seu CÃO

 

  • Ao receber seu animal após a cirurgia, ele ainda estará sob o efeito do anestésico. Poderá não reconhecer o dono, apresentará andar cambaleante, poderá evacuar e urinar sem controle e poderá apresentar vômito;
  • Alguns animais demoram mais para acordar que outros, são indivíduos com características próprias de comportamento, portanto terão recuperação diferenciada;
  • Nas primeiras 24 horas devem descansar em local tranqüilo e limpo, com pouca iluminação para permitir uma boa recuperação;
  • Coloque pano ou cobertores para aquecê-lo, pois ele sentirá frio;
  • A primeira alimentação somente deverá ser oferecida após 12 horas da cirurgia. Não tente fazê-lo comer contra sua vontade, pois o organismo do animal ainda estará metabolizando os medicamente, se comer poderá vomitar;
  • Podem latir de forma diferente do habitual;
  • Os animais castrados no Centro Cirúrgico da Diretoria de Bem-Estar Animal recebem no dia da cirurgia antibiótico, antiinflamatório e analgésico. Os cuidados posteriores são de responsabilidade do proprietário;
  • Todos os animais devem utilizar colar Elisabetano desde o momento em que acordam da anestesia até a retirada dos pontos. Assim evita-se que o cão lamba o local e tire/arrebente os pontos. Este colar é comercializado em agropecuárias e pet-shops.
  • Parabéns por sua decisão! Optar pela esterilização do seu animal é uma demonstração de responsabilidade e respeito à vida dos animais.

 

PONTOS: recomenda-se fazer curativo 3x ao dia até a retirada dos mesmos. Pode ser utilizado rifocina spray (encontra-se a venda em farmácias), pomada alantol (encontra-se a venda em agropecuárias) ou pomada de ungüento (encontra-se a venda em...).

 

Não se deve fazer curativo no local da cirurgia (gaze ou faixa). O Iodo pode ser utilizado, mas não é recomendado para machos.

 

A retirada dos pontos deve ser feita 10 dias após a cirurgia e fica sob responsabilidade do proprietário, responsável pelo animal ou poderá ser conduzido à Dibea.

 

 



Copyright © 2009-2017 Prefeitura de Florianópolis. Todos os direitos reservados.