Autarquia de Melhoramentos da Capital Comcap

home >

História do Museu do Lixo

O Museu do Lixo foi instalado no dia 25 de setembro de 2003, em galpão onde, antes, operava a triagem da coleta seletiva. Hoje, relocado para outra instalação do Centro de Transferência de Resíduos Sólidos (CTReS), no bairro Itacorubi, o acervo ocupa uma área de 200 metros quadrados. Abriga milhares de itens, que estão em processo de catalogação. As coleções que mais se destacam, pela quantidade e antigüidade dos exemplares, são as de ferros de passar roupa; de latas de refrigerante e cerveja; de máquinas fotográficas, de costura; de aparelhos de telefonia celular, de computadores e aparelhos de som. 

As instalações foram organizadas em ambientes diferenciados, montados e decorados com materiais reciclados. Inclusive as pinturas e a mandala do piso são feitas com materiais reaproveitados, informa o coordenador do Museu e educador ambiental, Valdinei Marques.

“Aqui as crianças percebem como é importante mudar de atitude, de ter uma nova forma de se relacionar com os resíduos que produz para tornar-se um consumidor responsável e para conservar e preservar o ambiente. Também se dão conta de como pode ser divertido reaproveitar e reciclar materiais”, afirma Valdinei que orienta a visitação nas escolas interpretando o papel de Neiciclagem - o embaixador do lixo.

Galeria de Imagens