Autarquia de Melhoramentos da Capital Comcap

04/06/2020 - Comcap
PMF implanta coleta seletiva de verdes de porta em porta
Coleta seletiva de resíduos de quintal e jardim será feita em duas rodadas esse ano por meio de 50 roteiros que abrangem praticamente toda a cidade

foto/divulgação: Cristiano Andujar/Divulgação PMF

Coleta seletiva de verdes de porta em porta

A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Comcap, implantou este mês a coleta seletiva de resíduos verdes de porta em porta. O recolhimento de restos de poda, galhos, folhas e grama será feito pelo menos quatro vezes ao ano em cada região da cidade.

 

CLIQUE AQUI para saber como fazer a separação e dispor para coleta os resíduos verdes


CLIQUE AQUI para conferir os dias da coleta de verdes por bairro

Este ano, por conta da pandemia da Covid-19, serão feitas duas rodadas até o final do ano. A cidade foi dividida em 50 rotas e o caminhão só não vai ter condições de acessar servidões muito estreitas.

 

Os resíduos de quintal e jardim deverão ser colocados na rua somente nos dias previamente agendados para a coleta verde, a partir das 7h. Grama, capim e folhas devem ser acondicionados em sacos de ráfia ou bombonas. Galhos, troncos, folhas de palmeira e bananeira devem ser dispostos em feixes, amarrados, com no máximo um metro de comprimento. Não devem ser misturados restos de comida nem dejetos animais. 

 

Trata-se de serviço inovador que a Prefeitura de Florianópolis, por meio da Comcap, passa a oferecer aos residentes.  É a primeira capital a fazer coleta exclusiva de resíduos orgânicos verdes. 

 

Os resíduos verdes processados pela Comcap são transformados em cepilho e composto orgânico usados pelo Programa Municipal de Agricultura Urbana (Pmau), no ajardinamento e paisagismo de ruas, parques e praças, em hortas comunitárias e institucionais nas redes de saúde e educação.

Este ano, a Prefeitura de Florianópolis por meio da Comcap investirá quase R$ 10 milhões em recursos do Financiamento à Infraestrutura e Saneamento (Finisa) da Caixa em equipamentos para a coleta seletiva.

 

Novos equipamentos

 

Para implantar a coleta de verdes foram investidos R$ 1,5 milhão em caminhão compactador, picador florestal e peneira para composto orgânico.

 

O caminhão compactador com capacidade para 19 metros cúbicos, câmbio automático e elevador para contentores de quatro rodas e 1,2 mil litros será usado para a implantação da coleta seletiva de verdes. É o equipamento mais moderno desenvolvido para coleta de resíduos sólidos no Brasil e foi adquirido ao valor de R$ 524 mil.

 

Também foi adquirido um picador florestal, com capacidade para quadruplicar o processamento de podas na Comcap, e custo de R$ 754 mil.

 

Inovação 

 

A coleta de verdes remete às metas Floripa Lixo Zero 2030. Até hoje, a Comcap oferece duas modalidades regulares de coleta domiciliar: de rejeito (convencional) e de recicláveis secos (coleta seletiva). Agora passará a recolher de porta em porta também a terceira fração composta pelos resíduos orgânicos.

 

O calendário de coleta seletiva de verdes receberá apenas restos de poda. Restos de alimentos, que também são resíduos orgânicos, devem ser encaminhados para compostagem doméstica, comunitária ou nos pontos de entrega voluntária da Comcap (Ecopontos do Morro das Pedras, de Canasvieiras e do Itacorubi).

 

Ano passado, com entrega voluntária e remoção de volumosos, a Comcap processou mais de 2,6 mil toneladas de resíduos verdes. Este ano, com a implantação ainda piloto da coleta seletiva de verdes, a estimativa é que essa quantidade aumente em até 30%.

 

Recicláveis verdes

 

  • grama
  • capim
  • folhas
  • flores
  • cascas de árvore
  • restos de poda (galhos com ou sem folhas)

 

 

Acondicionamento

A forma correta de acondicionamento é fundamental para facilitar o trabalho dos garis.

Os resíduos recicláveis verdes devem ser dispostos no alinhamento frontal do terreno na data agendada.

Resíduo

Como acondicionar

Limites de volumes por coleta

Unifamiliar (casa)

Multifamiliar e mista (condomínio)

Unidade comercial

Grama, capim e folhas

Sacos de ráfia de 100 a 200 litros

500 litros

1500 litros

1000 litros

Bombonas de até 60 litros

Sacos compostáveis de 100 litros

Contentor de 500 litros

Contentor de 1000 litros

-

Galhos, cascas de árvores e folhas de palmeiras e bananeiras

Feixes de 30 cm x 1 m

3 unidades

10 unidades

6 unidades

Troncos

Troncos de 10 cm x 1 m

2 unidades

6 unidades

3 unidades

* Os sacos de ráfia, bombonas e contentores serão devolvidos ao gerador no local do recolhimento.

 

Como será coleta

Serão atendidas ruas e servidões com capacidade de acesso e manobra a caminhão compactador de grande porte.

Moradores de locais onde o caminhão grande não tem acesso poderá transportar os resíduos verdes até o Ecoponto mais próximo.

 

O que não pode
 

Fica proibida a disposição de resíduos recicláveis verdes em sacos plásticos, de qualquer volume, que não sejam biocompostáveis.

Empresas de jardinagem e paisagismo não serão atendidas pela coleta seletiva pública de verdes. Devem levar os resíduos até o Centro de Valorização de Resíduos (CVR) da Comcap, no Itacorubi, onde há taxa de cobrança para grandes geradores.

Quando os resíduos não forem coletados, por não atenderem as normas de acondicionamento e/ou quantidades limites, o gerador é responsável por removê-los da via e conduzi-los até o CVR.


galeria de imagens