• Banner: Creche de Verão 2018
  • Banner: Recadastramento de Jazigos
  • Banner: Rematricula Eja e Ensino Fundamental
  • Banner: Ano Letivo 2018: Creche e Pré-escola
  • Banner: Comercio de Ambulantes
  • Banner: Oficinas de Drenagem Urbana
  • Banner: Confira a Nova Nota Fiscal Eletrônica
12/09/2017 - PORTAL - Comunicação
Prefeitura recupera capacidade de drenagem das galerias pluviais
Em 45 dias, a ação contemplou 172 vias públicas pavimentadas, minimizando o impacto das chuvas nas próximas temporadas de verão

foto/divulgação: Leonardo Sousa

Drenagem I - Galerias pluviais

A Prefeitura de Florianópolis fechou nesta terça-feira (12) balanço do trabalho emergencial realizado em 45 dias para recuperação da capacidade de drenagem das galerias pluviais do município. Com início na segunda quinzena de julho, a ação contemplou 172 vias públicas pavimentadas de todas as regiões da Ilha e do Continente. Além disso, teve caráter preventivo, já que vai minimizar o impacto das chuvas nas próximas temporadas de verão, 

        O esforço concentrado envolveu cinco equipes especializadas, cada uma com um caminhão hidrojato, que trabalhou diuturnamente, sete dias por semana. 
      Frente às obras, o prefeito Gean Loureiro destaca que "quando executamos um trabalho de recuperação, principalmente relacionado à drenagem, são menos ocorrências, menos alagamentos e menos pessoas que sofrem com interrupção de vias e com casas alagadas, diminuindo também os prejuízos que venham decorrer de alagamentos”.
        E o resultado da ação viabilizada com recursos oriundos do Ministério da Integração Nacional tem sido percebido pelos cidadãos beneficiados diretamente com as melhorias. 
      É o caso de quem mora na Rua das Goiabas, mais conhecida como Rua Papaquara, em Canasvieiras. Antes da realização do trabalho, a água da chuva não só alagava a via como chegava a invadir as casas. Agora, a comunidade não sofre mais do problema. 
        
       Drenagem das bacias

      Já há menos de um mês, a Prefeitura encerrou forte trabalho para recuperar a capacidade de drenagem das bacias hidrográficas e prevenir alagamentos em Florianópolis, igualmente viabilizado com verbas provenientes do Ministério da Integração Nacional. 
Também neste caso, foram 45 dias de intensa ação, sendo priorizados os bairros Campeche, Abraão, Ratones, Rio Vermelho e Tapera. A limpeza em rios, canais e valas destas localidades totalizou quase nove quilômetros de extensão e a retirada de 13,3 mil  metros cúbicos de entulhos.
O trabalho de drenagem em Florianópolis é contínuo. Prova disso é a ação no Rio Sangradouro, na Armação, no Sul da Ilha, em cerca de quatro quilômetros de extensão, sendo retirados aproximadamente três toneladas e meia de mato e rejeitos.
Nas valas e canais da Bacia do Itacorubi, na região central da cidade, os serviços se estenderam por 1,9 quilômetros de extensão e recolhidos aproximadamente três toneladas de materiais de todo tipo - até vaso sanitário, sofá e restos de geladeira foram encontrados obstruindo o fluxo d’água.
Outras áreas de destaque beneficiadas com a drenagem foi a PC3, no Continente, cuja limpeza da vala próxima se deu por 680 metros, de onde foram retirados 480 quilos de entulho. Enquanto na Lagoa da Conceição, no Leste da Capital, vários canais foram limpos, numa extensão de um quilômetro, e retirados 880 quilos de materiais.
Ao todo, foram investidos cerca de R$ 2,8 milhões em desassoreamento, abertura de valas e limpeza de galerias fluviais e tubulações de rua.

 Vias públicas atendidas pelos hidrojatos/Região:

- Sul: 45 ruas
- Norte: 27 ruas
- Leste: 30 ruas
- Centro: 16 ruas
- Continente: 54 ruas


galeria de imagens



Copyright © 2009-2017 Prefeitura de Florianópolis. Todos os direitos reservados.