28/11/2023 - SME - Educação
Vô Zeca, personagem da rede municipal de educação de Florianópolis, lança seu primeiro livro infantil neste fim de semana
Obra fala sobre a cultura manezinha por meio das palavras do “autor”

foto/divulgação: Divulgação/PMF

Divulgação/PMF

Um Vô chamado Zeca: Andanças pela Ilha da Magia é um livro infantil que fala sobre a cultura de Florianópolis por meio das palavras do Vô Zeca, personagem manezinho vivido por Eduardo Tasca, auxiliar de sala da rede municipal de educação da Capital.

Sábado (2), o autor falará sobre a obra durante o I Festival Literário da UFSC, das 10h ás 13h, no centro de cultura e eventos da universidade.
Domingo (3), haverá o lançamento oficial na Livraria Divertida no bairro Córrego Grande, das 10h30 às 12h, com sessão de autógrafos e venda de exemplares. Maiores informações na página do Vô Zeca no Instagram, @vozecaa .

O personagem Vô Zeca foi criado em 2017 pelo grupo teatral Trupe da Alegria – do qual Eduardo fazia parte – para o espetáculo “A fantástica exposição de Zeca”. Em uma peça anterior, Zeca era um menino, mas naquele ano voltou como avô. Eduardo deu continuidade ao personagem durante a pandemia em 2020, fazendo lives e gravando vídeos para portal educacional. “Minha maior motivação é levar a arte para todos os lugares, por isso também veio a idéia de eternizar o Vô Zeca num livro falando da nossa cultura”.

Eduardo Tasca tem 40 anos e dá vida ao personagem desde 2017. É auxiliar de sala e hoje também faz parte da Divisão de Projetos Especiais da Secretaria Municipal de Educação de Florianópolis. A obra foi escrita em parceria com a professora auxiliar Lorena Reis, do Neim Nossa Senhora Aparecida, no bairro Pantanal. Contadores de história, os dois têm em comum a paixão pelos livros, pelas palavras e pela arte de interpretar. A ilustração ficou por conta de Camila Carvalho, que também trabalha como tatuadora.

O Vô Zeca está ansioso pelo lançamento do livro, e resolveu deixar um recadinho: “Oh meus Extimadinhos! Eu tô muito feliz com nossso primeiro livro, nossas andanças… Tu te aligera pra garantir o teu porque já já acaba ehem, não seja tanso ou tu vai mofar com a pomba na balaia ehem!
 ehem!